Histórico do periódico

Lançada em 1993, a revista Estudos em Design – primeira publicação de natureza acadêmica e científica sobre Design do Brasil – já veiculou centenas de artigos e vem propiciando a troca de informações entre pesquisadores, professores, estudantes e profissionais. Conta com a participação da maioria das instituições de ensino e pesquisa em Design, e os artigos publicados na revista refletem também um quadro nacional da pesquisa em design feitas em diversas instituições com pós-graduação, sejam da área de design ou em áreas afins.

Estudos em Design é uma publicação semestral da Associação Estudos em Design. Está aberta a professores e pesquisadores de instituições de ensino e pesquisa de Design no Brasil, na América Latina ou em outros continentes, além de profissionais não docentes interessados na divulgação de suas reflexões sobre Design. Estudos em Design é o periódico nacional mais bem pontuado na área de Design, cadastrado no sistema QUALIS da CAPES.

Seu Conselho Editorial é composto por doutores que atuam em cursos de graduação e pós-graduação em Design no País, além de doutores titulados em Programas de Pós-graduação em Design brasileiros.

No final de 1994, Estudos em Design em parceria com a AEnD-BR, criou o Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design, o P&D Design. Esse evento de caráter cientifico foi o primeiro no campo do Design brasileiro e ocorreu em São Paulo simultaneamente com o 1º Congresso Brasileiro de Design que foi promovido pela Associação Nacional de Designers – AND, em conjunto com a AenD-BR.

A partir de 1995 a revista passou a contar com o apoio do programa editorial do CNPq/FINEP/MCT, o que de certa forma deu segurança em relação à continuidade da mesma. Atendendo a sugestões deste programa, foram feitos investimentos na sua divulgação e foi implantado um sistema de assinatura. Ainda nesse ano, com o intuito de tornar mais profissional o esquema de produção, administração e distribuição da revista, foi criada a Associação Estudos em Design, sem fins lucrativos, que administra os aspectos contábeis da revista.

Em 1996 começou-se a implantação das normas para a indexação da revista com o ISSN 0104-4249. A partir desse ano todos os artigos passaram a ter abstract em inglês e resumo em português, assim como os títulos em português e inglês.

Em dezembro de 1999, atendendo sugestões de conselheiros e leitores Estudos em Design reformulou seu projeto gráfico e adotou um novo formato, preparando-se para uma nova fase na virada de milênio. A revista participou da organização das edições do P&D Design de 1994, 1996, 1998 e 2000 e contribuiu com informações para a estruturação e consolidação deste Congresso nas edições que se seguiram em 2002 e 2004. Organizou, as seguintes publicações especiais: Anais do P&D Design 1994 realizado; Anais do P&D Design 1996; Anais do P&D Design 1998; Anais do 6º ENESD – 6º Encontro Nacional das Escolas de Design; Anais do Fórum de Dirigentes dos Cursos de Design, realizado 1977; Edição Especial publicada em 2001. 

Ao chegar ao seu 15º ano de vida, Estudos em Design inaugurou sua versão eletrônica, com o número 1, volume 15, publicado no início de 2008. Passou a ser publicada a partir do número 1, volume 16, de 2009, exclusivamente em formato digital.

Em 2010, os editores convidaram Cristina Portugal para atuar juntamente com Rita Couto como editora da Estudos em Design. A partir deste ano começou o processo de migração da antiga plataforma da Estudos em Design para uma plataforma OJS (Open Journal System).

O ano de 2014 foi significativo para o campo do Design em nosso país: comemorou-se 20 anos da implantação do primeiro programa de pós-graduação em Design no Brasil, 20 anos do Congresso P&D Design e 21 anos da Revista Estudos em Design.

Neste mesmo ano, Estudos em Design torna-se um OJS (Open Journal System). As modificações previstas com a migração da revista Estudos em Design para a plataforma OJS têm por objetivo conferir maior velocidade e eficiência às diferentes etapas do processo de editoração. Uma vez que se encontrará centralizado e registrado em uma única ferramenta, o fluxo editorial, que compreende envio, recebimento, avaliação e publicação de artigos, se tornará mais ágil e transparente para todos os envolvidos.

No ano de 2015, a Área de Arquitetura, Urbanismo e Design, respondendo à demanda do CTC-ES, operacionalizada pela diretoria de Avaliação da CAPES, promoveu uma retificação do conjunto de títulos estratificados no Qualis com vistas a registrar e classificar o universo de veículos utilizados pelos docentes e discentes dos programas de pós-graduação da área para divulgar os resultados de suas ações em pesquisa e ensino de pós-graduação.

A classificação no QUALIS da CAPES da revista Estudos em Design passou de B1 para A2. Tornando-se a primeira publicação A2 de natureza acadêmica e científica sobre Design no Brasil. Honrando seu compromisso de divulgar a produção acadêmica e científica na área de Design e de áreas afins.

Agradecemos aos leitores, articulistas, avaliadores e a todos que colaboram de alguma forma para a revista Estudos em Design.

  

Corpo Editorial
Estudos em Design
ISSN: 1983-196X