DESENHANDO UM FILME: uma reflexão sobre as teorias do Design

Vera Bungarten, Vera Lúcia dos Santos Nojima

Resumo


O trabalho propõe situar o processo de construção da imagem no cinema dentro do universo do Design, com base em uma discussão epistemológica. No intuito de investigar diversas abordagens relativas ao estabelecimento de uma possível Teoria do Design, são examinadas noções de epistemologia, ciência e saber a partir do ponto de vista de diversos teóricos do Design. As premissas que orientam o projeto de elaboração do conceito visual de um filme sãoavaliadas dentro deste quadro, buscando determinar a essência comum que integra esse projeto no campo do Design.


Palavras-chave


epistemologia do Design, signos visuais no Cinema, design de produção

Texto completo:

PDF

Referências


AMIR, Sulficar. Rethinking Design Policy in the Third World. in Design Issues. Cambridge: MIT, 2004.

BARTHES, Roland. Mitologias. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 10ª Ed., 1999.

BARTHES, Roland. O rumor da língua. Lisboa: Edições 70, 1987

BOMFIM, Gustavo A. Fundamentos de uma teoria transdisciplinar do Design; morfologia dos objetos de uso e sistemas de comunicação. In Estudos em Design, V.V. n.2 Rio de Janeiro: AEND, 1997.

_______________. Coordenadas cosmológicas e cronológicas como espaço das transformações formais. In COUTO, Rita Maria e OLIVEIRA, Alfredo Jefferson (org). Formas do Design - Por uma metodologia

interdisciplinar. Rio de Janeiro: 2AB, 1999.

BÜRDECK, Bernhard E. Diseño, historia, teoria y práctica del diseño industrial. Barcelona: Gustavo Gilli, 1994.

CANCLINI, Nestor Garcia. Diferentes, desiguais e desconectados. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2005.

COUTO, R. M. S.; OLIVEIRA, A. J. (org.). Formas do Design: por uma metodologia interdisciplinar. Rio de Janeiro: 2AB, 1999.

DESFORGES, Yves.Por um Design ideológico. in Estudos em Design v.2, n.1, julho 1994

FERRARA, Lucrecia. Por uma cultura epistemológica da comunicação. In COUTO, Rita Maria e OLIVEIRA, Alfredo Jefferson (org). Formas do Design - Por uma metodologia interdisciplinar. Rio de Janeiro: 2AB, 1999.

FORTY, Adrian. Objetos de Desejo – design e sociedade desde 1750. São Paulo: Cosac-Naify, 2007.

FOSTER, Hal. Design and Crime. London: Verso, 2003.

GEERTZ, Clifford. A interpretação das Culturas. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1973.

HARVEY, David. A condição pós-moderna. São Paulo: Edições Loyola, 1992.

JAMESON, Frederik. Espaço e Imagem. 4ª Ed., Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2006.

JAPIASSU, Hilton. As Paixões da Ciência – Estudos de História das Ciências. São Paulo: Letras e Letras, 1999.

______________. O sonho transdisciplinar e as razões da filosofia, Rio de Janeiro: Imago, 2006.

LUZ, Rogério. Novas Imagens: efeitos e modelos. In PARENTE, André (org), Imagem e Máquina: A Era das Tecnologias do Virtual. São Paulo: Editora 34, 3ª edição, 1999

PAPANEK, Victor. Design for the real World. Frogmore: Paladin, 1977.

VANOYE, Francis; GOLIOT-LETÉ, Anne. Ensaio sobre a análise fílmica. 3ª ed. São Paulo: Papirus, 2005.

Meio eletronico

EAMES OFFICE. homepage de fundação destinada a comunicar e preservar o legado de Charles e Ray Eames. Disponível em <www.eamesoffice.com>. Acesso em nov.2009

WIKIPEDIA. verbete Charles and Ray Eames. Disponivel em <http://en.wikipedia.org/wiki/Charles_and_Ray_Eames>. Acesso em nov. 2009.




DOI: https://doi.org/10.35522/eed.v19i2.80

Apontamentos

  • Não há apontamentos.