A imagem entre vinculações e interpretações: consumo, mídia e estetização pelas lentes da comunicação e da iconologia

Daniel B. Portugal

Resumo


Esta pesquisa aborda a imagem a partir da interface entre Comunicação e Iconologia. Nesse terreno fronteiriço, destaca-se não a imagem como objeto independente, não o entendimento da imagem visto exclusivamente do ponto de vista do homem, mas sim os relacionamentos que se estabelecem entre homens e imagens. Para dar conta dessas relações, propõe uma divisão analítica entre uma dimensão de vinculação, calcada na ligação sensível e afetiva, e uma dimensão de interpretação, calcada num aspecto mais propriamente perceptivo, ligado à modelagem visual das formas. O foco principal da pesquisa são as dinâmicas de consumo de imagens na cena contemporânea, marcadas, conforme argumentaremos, pela imbricação de três “lógicas”: midiática, de consumo e de estetização. Consideramos essencial para o entendimento dessas dinâmicas o aporte de uma abordagem histórica que se debruçasse sobre eventos, temporalmente próximos ou distantes, em que a imagem assume papel central na canalização de tensões sociais.


Palavras-chave


imagem; consumo; mídia; estetização

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.35522/eed.v19i1.72

Apontamentos

  • Não há apontamentos.