A influência da variedade antropométrica entre mãos de destros e canhotos no design ergonômico de instrumentos manuais: um estudo preliminar

Luis Carlos Paschoarelli, Bruno César de Sousa, Danilo Corrêa Silva, José Carlos Plácido da Silva

Resumo


O design ergonômico de instrumentos manuais depende de vários fatores, incluindo a antropometria manual, a qual pode estar comprometida pela dominância. A análise desse problema dá-se pelo estudo da diferença antropométrica entre destros e canhotos. O objetivo desse estudo foi analisar as diferença antropométricas das mãos de indivíduos com ambas dominâncias e demonstrar a influencia no design ergonômico de instrumentos manuais. Todas as exigências éticas foram atendidas, com a participação de 30 sujeitos (destros e canhotos) e
aplicação de procedimentos específicos. Os resultados não indicaram diferença significativa (p > 0,05) entre as dominâncias.


Palavras-chave


antropometria manual; usabilidade; design ergonômico

Texto completo:

PDF

Referências


ABERGO. Norma ERG BR 1002 - Código de Deontologia do

Ergonomista Certificado. In:http://www.abergo.org.br/arquivos/Norma%20ERG%20BR%201002

%20-%20Deontologia.pdf. [2003]. Acessado em 16.09.2004.

ALMEIDA, A. O. de. O canhoto enfrenta “ser gauche na vida”. Folha

online. 27 de agosto de 2002. Disponível em:

<http://www.1folha.uol.com.br/folha/sinapse/ult1063u62.shl.

AN, K.N., CHAO, E.Y., COONEY, W.P., LINSCHEID, R.L.;

Normative model of human hand for biomechanical analysis. Journal of

Biomechanics. nº 12: p. 775–788, 1979

BOUERI FILHO, J. J. Antropometria Aplicada à Arquitetura,

Urbanismo e Desenho Industrial. São Paulo: FAU-USP, 1991, 151p.

CACHA, C. A. Ergonomics and safety in hand tool design. New

York: Lewis Publishers, 1999, 117p.

COSTA, R. Gente Sinistra: no passado canhotos eram vistos como

representantes do demônio. Universiabrasil.net. 13 de agosto de 2003.

Disponível em

http://www.universiabrasil.net/pesquisa_biblioteca/materia.jsp?id=2008.

DUL, J. & WEERDMEESTER, B. Ergonomia Prática. São Paulo:

Edgard Blücher, 1995, 137p.

GORDON, C.C.; CHURCHILL, T; CLAUSER, C.E.; BRADTMILLER,

B; McCONVILLE, J.T.; TEBBETTS, I. & WALKER, R.A. 1988

Anthropometric survey of U.S. Army personnel: methods and

sumary statistcs. Massachussetts: United States Army Natick, 1989,

p.

HOFFMANN, E.R.; CHANG, W.Y. & YIM, K.Y. Computer mouse

operation: is the left-handed user disadvantaged? Applied Ergonomics.

(04): 245-248, 1997.

IIDA, I. Ergonomia – Projeto e Produção [2ª. Ed.]. São Paulo: Edgard

Blücher, 2005, 630p.

LBDI. Levantamento Antropométrico das Mão. Florianópolis:

Laboratório Brasileiro de Desenho Industrial, 1990.

MAJUMDER, P.P., GUPTA, R., MUKHOPADYAY, B., BHARATI,

P., RAY, S.K., MASALI, M., SLOAN, A.W., BASU, A., Effects of

altitude, ethinicity religion geographical distance and occupation on

adult anthropometric characters of Eastern Himalayan population.

American Journal of Physical Anthropometry. nº 70, p.377–393,

MOHAMMAD, Y.A.A. Anthropometric characteristics of the hand

based on laterality and sex among Jordanian. International Journal of

Industrial Ergonomics. nº 35: p. 747-754, 2005.

OLDFIELD, R.C. The assessment of handedness: The Edinburgh

Inventory. Neuropsycologia. nº 09: p. 97-113, 1971.

PASCHOARELLI, L.C. & GIL COURY, H.J.C. Aspectos ergonômicos

e de usabilidade no design de pegas e empunhaduras. Estudos em

Design, nº 08: p.79-101, jan 2000.

PASCHOARELLI, L.C.; RAZZA, B.M.; LUCIO, C. do C.; FALCÃO,

F. da S. Avaliação de forças de preensão digital pulpo-lateral em

universitários: influência do gênero. Anais do ABERGO 2006 – XIV

Congresso Brasileiro de Ergonomia. Curitiba: Associação Brasileira

de Ergonommia, 2006. 10p.

PEEBLES, L. & NORRIS, B. Adultdata – The handbook of adult

anthropometric and strength measurements – Data for Design

Safety. Nottingham, Institute for Occupational Ergonomics – University

of Nottingham, 1998.

PHEASANT, S.; Bodyspace: Anthropometry, Ergonomics and the

Design of Work. London: Taylor & Francis. 1996, 244p.

ROEBUCK, J. A. Anthropometric Methods: designing to fit the

human body. Santa Monica: Human Factors and Ergonomics Society.

, 194p.

ROEBUCK, J. A.; KROEMER, K. H. E. & THOMSON, W. G.

Engineering Anthropometry Methods. New York: John Wiley &

Sons. 1975, 459p.




DOI: https://doi.org/10.35522/eed.v15i1.7

Apontamentos

  • Não há apontamentos.