Sistemas de Produto + Serviço Sustentáveis (S.PSS) para o contexto das Distributed Economies (DE) no Brasil

Leonardo Castillo, Carla Gomez, Paula Hadassa

Resumo


Este artigo se propõe a analisar casos empíricos de oferta de Sistemas de Produto + Serviço Sustentáveis (S.PSS) para o contexto das Distributed Economies (DE) no Brasil. O que chama a atenção desses modelos é que são formados por unidades de produção local, que podem estar interligadas através de uma rede de troca de recursos. Valoriza-se assim novas proposições de produção e consumo em pequena escala de produção, onde esses usuários podem se transformar também em produtores do próprio sistema, e cujos impactos beneficiam os envolvidos nesses processos de forma mais equitativa econômico, social e, ambientalmente. Para o estudo, foram realizadas pesquisas bibliográficas e de campo por meio de informações disponíveis nas redes sociais que permitiram identificar 28 iniciativas cujas características atenderam aos princípios da DE, e apresentam 4 tipos de relacionamento entre seus atores principais (provedores e usuários). São estes oferta de S.PSS de consumidores para consumidores (C2C), de empresas para consumidores (B2C), de empresas para empresas (B2B), e do governo para consumidores (G2C).

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.