A Hipótese do novo Paradigma na Internet

Francisco Arlindo Alves

Resumo


Este artigo pretende analisar aspectos dos processos tecnológicos de inovação, com a utilização do conceito de “paradigma” de Thomas Kuhn e adaptações desse conceito como paradigma tecnológico e paradigma informacional. Com base nesta análise, a proposta é a de refletir sobre a hipótese defendida por pensadores como Lessig e Benkler, de que as inovações possibilitadas pelo design de ferramentas colaborativas e o compartilhamento em massa na internet permitem renegociar os termos da liberdade e da justiça, criando um nova ordem global. Neste sentido, a compreensão dos processos de inovação pode fornecer fundamentos teóricos para avaliar o teor utópico da hipótese.


Palavras-chave


Internet; Paradigma; Inovação.

Texto completo:

PDF

Referências


BENKLER, Yochai. The wealth of networks - how social productions transforms markets and freedom. New Haven: Yale Press, 2006.

Disponível em:< http://www.benkler.org/ > Acesso em: 15 set. 2007.

BURKE, Peter. Problemas causados por Gutenberg: a explosão da informação nos primórdios da Europa moderna. Estudos Avançados, 2002, v.16, n. 44. ISSN 0103-4014.

Disponível em : <http://www.scielo.br/>. Acesso em: 8 nov. 2007.

CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede - a era da informação: economia, sociedade e cultura. 7a. ed. Tradução: Roneide Venâncio Majer. São Paulo: Paz e Terra, 1999, v.1.

--------------------------. A galáxia da internet: reflexões sobre a internet, os negócios e a sociedade. Tradução: Maria Luiza X. Borges. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2003.

DOSI, Giovanni. Technological paradigms and technological trajectories: A suggested interpretation of the determinants and directions of technical change. 3ª ed. Amsterdã: Research Policy, v.11, p. 147-62, jun.1982.

Science Policy Research Unit, University of Sussex, Brighton U.K.

Disponível em : < http://www.sciencedirect.com>. Acesso em: 10 nov. 2007

FREEMAN, Christopher. Innovation and long cycles of economic development. In: SEMINÁRIO INTERNACIONAL. Campinas: Universidade Estadual de Campinas, 1982b.

Disponível em : <http://www.unicamp.br/>. Acesso em: 15 out. 2007

GUATTARI, Félix. Produção de subjetividade. In: PARENTE, André (org.) Imagem máquina - A era das tecnologias do virtual. 2ª ed. São Paulo: Editora 34, 1993.

KERCKHOVE, Derrick de. A pele da cultura. Tradução: Luís Soares e Catarina Carvalho. Lisboa: Relógio D' Água Editores, 1997.

KUHN, Thomas. A estrutura das revoluções científicas. Tradução: Beatriz Viana Boeira e Nelson Boeira. São Paulo: Perspectiva, 2003.

LESSIG, Lawrence. Free culture: the nature and future of creativity. Nova York:The Penguin Press, 2004. Disponível em : < http://www.free-culture.cc/ >. Acesso em: 10 out. 2007.

LEVY, Pierre. Cibercultura. Tradução: Carlos Irineu da Costa. São Paulo: Editora 34,1999.

MORIN, Edgar. A cabeça bem feita. Tradução: Eloá Jacobina. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2004.

--------------------. Ciência com consciência. Tradução: Maria D. Alexandre e Maria Alice Sampaio Doria. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2003.

PÉREZ, Carlota. Cambio tecnológico y oportunidades de desarrollo como blanco móvil. Revista da Cepal - Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe - Nações Unidas, nº 75, p.115-136, dez./ 2001.

Disponível em : < http://www.eclac.org/ >. Acesso em:

º nov. 2007.

---------------------. Las nuevas tecnologías: una visión de conjunto. In: OMINAMI, Carlos (org.) La tercera Revolución Industrial: impactos internacionales del actual viraje tecnológico. Buenos Aires: Grupo Editor Latinoamericano, 1986. Disponível em : < http://www.carlotaperez.org >. Acesso em: 1º nov. 2007.

QUEAU, Philippe. A revolução da informação: em busca do bem comum. Ci. Inf. Brasília, DF, v. 27, n. 2, 1998. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-

&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 20 nov. 2007.

SANTAELLA, Maria Lucia. Potenciais e desafios da sociedade informacional. In: IX CONGRESSO MUNDIAL DE INFORMAÇÃO EM SAÚDE E BIBLIOTECAS. Potenciais e Desafios da Sociedade Informacional. Salvador. 2005. Disponível em : < http://www.icml9.org/program/ >. Acesso em 10 nov. 2007.




DOI: https://doi.org/10.35522/eed.v18i2.60

Apontamentos

  • Não há apontamentos.